X

PERGUNTAS
FREQUENTES

Como são os boxes?

Disponibilizamos boxes de todos os tamanhos, a partir de 1m². Todos nossos boxes possuem monitoramento eletrônico e vigilância 24h por dia. A GuardaBem se preocupa com sua privacidade, todos boxes são individuais e só você tem acesso a chave.

O que posso armazenar nos boxes?

Mercadorias e produções em geral; Equipamentos de trabalho e lazer; Móveis e pertences durante mudanças, reformas e viagens; Apoio à logística com pouca área de estoque; Matérias-primas, materiais de escritório, materiais promocionais, livros, papéis e revistas; Importação/Exportação; Arquivo-morto e demais documentos de empresas;

Quem mais tem acesso ao meu box?

Somente você, ou pessoas por você autorizadas, que conste no contrato.

O armazenamento é caro?

O custo do box locado varia de acordo com o tamanho, a GuardaBem dispõe de mais de 20 tamanhos. O tempo de locação também define seu preço, oferecemos ótimos preços para locações com tempo maior.

Quais taxas tenho que pagar?

Nenhuma, você paga somente o valor da locação pelo seu box (de acordo com o tamanho escolhido).

Como pagar pelo box?

No ato da assinatura do contrato é paga a 1ª mensalidade, e os próximos subsequentes a cada 30 dias, através de Boleto Bancário.

Por quanto tempo posso utilizar o box?

O contrato é renovável mensalmente, rescindível pelo cliente a qualquer momento.

Qual a documentação necesaária para locação?

Pessoa Física: Cópia do CPF, RG e Comprovante de Residência. Pessoa Jurídica: Cópia do CNPJ, Contrato Social, Última alteração, Comprovante de endereço e RG do responsável da empresa. Obs.: Mercadorias novas e comercializáveis dependem de NFs.

A GuardaBem possui o transporte?

Não possuímos este serviço. O transporte é por conta do cliente, porém indicamos empresas especializadas.

X

Quero um
Orçamento

Ao fazer o seu pedido de orçamento, tenha em mente que o tamanho do box e o tempo de permanência são os principais fatores que influenciam o valor da locação.

51 3026.8818
51 99554.1812

Blog

O guarda-ROUPA MINIMALISTA

25 de Maio de 2018

Quando falamos sobre organização, não podemos deixar de falar em um dos maiores móveis da casa: o roupeiro e como ele pode parecer pequeno e insuficiente muitas vezes. Quem nunca olhou todas as gavetas apenas para concluir que não tem o que vestir?

A solução para este problema, porém, pode fugir do óbvio. Em vez de comprar mais peças e acumular looks muitas vezes difíceis de combinar, que serão usados poucas vezes, a tendência do minimalismo sugere que devemos investir em menos peças mais versáteis e funcionais, que combinem entre si e consigam facilitar a nossa vida tanto na hora de guardar as roupas quanto na hora de se vestir todos os dias de manhã.

Quem quiser testar a prática sem se desfazer de vez de algumas boas peças de roupa pode fazer o teste que a jornalista Fabiana Corrêa sugere: anotar todas as peças usadas durante 21 dias e, depois, tirar e guardar tudo o que não foi usado neste tempo – pode colocar em caixas e deixar aqui em um box aqui na GuardaBem self storage. Aí, é só prestar atenção se essas peças realmente fazem falta no seu dia a dia.

Logicamente, o guarda-roupa minimalista precisa se adaptar a mudanças de estação e trajes para ocasiões especiais. Mesmo assim, tirar do caminho peças que realmente não fazem falta abre espaço e tempo na nossa rotina.

 

Fonte: https://bit.ly/2GLcBRc

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Agencia Órbita